Como comprar seu primeiro imóvel usando o FGTS

Antes de tudo, você sabe o que é FGTS?

A sigla que significa Fundo de Garantia para Tempo de Serviço, foi um mecanismo criado pelo governo para atuar como uma reserva financeira para o trabalhador.

Quem trabalha com registro em carteira recebe um depósito mensal que corresponde a 8% do salário. A transição é efetuada pela empresa em que você trabalha, diretamente em uma conta criada automaticamente na Caixa Econômica Federal.

Quem pode usar o FGTS para comprar imóvel?

Apesar de todos os trabalhadores terem direito ao fundo, existem algumas normas que precisam ser consideradas:

❏ É preciso ter um mínimo de 3 anos de carteira assinada, mas não é necessário que o período seja contínuo. Por exemplo, você pode ter trabalhado um ano em 2009 e mais dois anos em 2016;
❏ Você não pode ter nenhum financiamento ativo no Sistema Financeiro de Habitação (SFH);
❏ Também não pode ser proprietário de nenhum imóvel residencial no município em que pretende comprar. Dessa forma, se você já tem um imóvel em Florianópolis, poderá comprar outro em Palhoça;
❏ É obrigatório trabalhar ou morar no município em que você pretende comprar o imóvel utilizando o FGTS.

Quais imóveis podem ser comprados com o FGTS?

Não são todos os imóveis que podem ser comprados com a ajuda do FGTS. Primeiro, é preciso verificar se a propriedade que você possui interesse está cadastrada no Sistema Financeiro de Habitação (SFH) dentro de um limite de valor que é definido de tempos em tempos.

Além disso, o imóvel precisa ser urbano residencial e destinado à moradia do trabalhador.
Então, se você pensa em comprar para investir, não poderá usar o FGTS.

 

Como é feito o saque do fundo?

Quando você utiliza o FGTS como parte do pagamento de um imóvel, você não lida diretamente com o dinheiro. É necessário solicitar o saque a um agente financeiro por meio de um documento e, assim que tudo estiver aprovado, o depósito é feito direto na conta do vendedor.

Os agentes financeiros podem ser desde bancos, consórcios ou companhias de crédito imobiliário. É fundamental estar alerta para ver se o agente financeiro escolhido trabalha com o FGTS, pois não são todos que atendem essa modalidade.

Para que você consiga usar o seu FGTS, é necessário que a aquisição do imóvel seja feita em seu nome. Agora, se quiser usar o saldo de outra pessoa, a compra deve ser efetuada no nome dos dois.

Outra informação bem importante é que além de utilizar o saldo da sua conta de FGTS para comprar o imóvel, você também pode amortizar o saldo devedor, ou ainda, usar para diminuir o valor das prestações do financiamento.

Entre em contato diretamente com CAIXA (48)3004-1105 para obter mais informações.

Ainda vale ressaltar, que nenhuma dívida do trabalhador o impede de usar o FGTS.

Documentação necessária

Ao solicitar o FGTS para comprar imóvel , você precisa comprovar que atende a todos os requisitos listados acima. Além disso, é necessário ter em mãos:

-> Carteira de trabalho;
-> Comprovante de residência;
-> Certidão de nascimento e de casamento (se for o caso);
-> Carteira de identidade;
-> CPF.

Você também precisa comprovar que o imóvel está em situação regular, por isso, separe a certidão de matrícula e a cópia do IPTU da casa ou apartamento para também levar junto com você.

Após a entrega da documentação, caso aprovada, seu saldo do Fundo de Garantia é investido na tão sonhada da casa própria.
Para saber quais opções de moradia nós da Konkreta temos para você clique aqui .
Para mais informações sobre o uso do FGTS acesse: https://goo.gl/cz1jGx